Fronteiras entre o documentário e a ficção – experimentações práticas

Início: a definir

Tem interesse em saber da próxima turma? Mande um email para cursof508@gmail.com

Nível de exigência: básico
Pré-requisitos: nenhum
Público-alvo: Interessados no estudo das linguagens cinematográficas

Como combinar elementos do documentário e da ficção para contar a sua história? A oficina pretende discutir de forma prática as diversas maneiras de se combinar as duas grandes linguagens do cinema para a realização de filmes híbridos. Traremos exemplos do cinema nacional contemporâneo e também a experiência real do processo de realização dos curtas Não é Pressa, é Saudade e Parte do que Parte Fica. A importância da pesquisa, o uso de não-atores, as possibilidades de concepções fotográficas e sonoras serão alguns dos temas da nossa conversa.


Professora

Camilla Shinoda é mestre em Imagem, Som e Escrita pela Universidade de Brasília (2017), além de ser graduada em Jornalismo (desde 2008) e Publicidade (desde 2006). Atualmente, desenvolve o roteiro do seu segundo filme, o curta-metragem “Parte do que Parte Fica”. “Não é pressa, é saudade” (2016) é o seu primeiro curta-metragem profissional, que recebeu o prêmio de Melhor Roteiro na etapa regional da 1ª Mostra Sesc de Cinema (2017) e Menção Honrosa do Júri Jovem na Mostra Mercocidades do Festival Primeiro Plano (2016). Participou da comissão de pré-seleção da 6ª edição do Festival Curta Brasília (que acontecerá em dezembro de 2017). Realizou pesquisa e foi Diretora de Produção do curta “Entre Parentes”, de Tiago de Aragão, ainda em etapa de finalização (2017). Foi diretora de produção do curta-metragem “Aulas que Matei” (nome provisório), de Amanda Devulsky e Pedro Beiler, ainda em fase de montagem. Realizou a pesquisa, colaborou no roteiro e fez assistência de direção no curta “Crônicas de uma Cidade Inventada” (2014), de Luísa Caetano, premiado como Melhor Filme em festivais como o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, a Mostra Brasília e o Festival Curta Brasília. Entre agosto de 2016 e agosto de 2017, participou do projeto Inventar com a Diferença, desenvolvido pela Universidade Federal Fluminense, que desenvolveu uma metodologia para o ensino básico de audiovisual para iniciantes.


Investimento

1º lote: R$170,00
2º lote: R$200,00

Tem interesse em saber da próxima turma? Mande um email para cursof508@gmail.com

Crédito da imagem de capa: Imagem do filme “Viajo porque preciso, volto porque te amo”

Formas de pagamento

  • .À vista: dinheiro, transferência bancária
  • .Cartão de débito
  • .Cartão de crédito [presencial]

. A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.