Poéticas Documentais | 15/04

Vítima de tortura policial na Rocinha - Rio de Janeiro - Daniel Marenco
Vítima de tortura policial na Rocinha - Rio de Janeiro - Daniel Marenco

Início: 15 de abril de 2019

Horários
Segundas-feiras: das 19h às 21h
*As práticas acontecerão aos sábados em horários alternados
Total:  20 aulas
Carga horária: 46 h/aula

Sobre o curso

O curso Poéticas Documentais aborda as possibilidades do diálogo entre o fotojornalismo e a fotografia documental em suas diversas representações: o fato, a narrativa, o documento e o imaginário, serão abordados de maneira a fornecer ferramentas para a busca da compreensão de uma linguagem visual necessária para a criação consciente de imagens carregadas de signos. Com a proposta de um mergulho no ato da criação fotográfica, os alunos terão aulas, provocações, e exercícios voltados ao suporte para a construção da imagem.

1º Semestre

1. Módulo introdutório

Uma aula de cada módulo do curso.

2. Fotojornalismo – 4 aulas + saída fotográfica

O fotojornalismo pode ser entendido enquanto ferramenta para contar histórias. É um seguimento que se adapta constantemente às novas plataformas. O que é um acerto em determinado meio, em outro, pode parecer velho ou ultrapassado. Iremos abordar, explorar e discutir diversos tipos de coberturas e como elas se diferenciam, além de vivenciar uma saída fotográfica peculiar.

3. Fotodocumental – 4 aulas + saída fotográfica

A fotografia documental é investigativa, mas também pode ser antropológica e imaginária. Nesse workshop, através de aulas expositivas e co-criações, abordaremos a fotografia documental e suas possibilidades de transformar registros em instrumentos de reflexão sobre o tema escolhido. Estudaremos também como, em alguns casos, a fotografia pode ser criada como ferramenta de militância e/ou denúncia social.

2º Semestre

4. Documental imaginário – 4 aulas

O Documental Imaginário diz respeito ao lugar onde estão instalados os sonhos, os desejos, os mitos, as crenças, as aspirações e as subjetividades. No imaginário, elaboram-se os meios representativos e simbólicos. Ele é ao mesmo tempo uma fonte racional e não racional de impulsos para a ação. Neste módulo, discutiremos questões relacionadas ao ineditismo, relevância, estética e conceito empregados nos projetos propostos pelos participantes.

5. Audiovisual – 4 aulas

Muitas vezes, a argumentação documental não se percebe suficiente em mídias estáticas. A solução, então, é a transmissão dos fatos através de um recurso que nos permita compreender a relação entre espaço e tempo dentro da ação. Buscando atender a inevitabilidade da expressão em formato de vídeo, preparamos um módulo que pretende aparelhar os participantes para edição e montagem em Adobe Premiere.  Apresentaremos os processos de organização e planejamento de edição, conceitos de ritmo, assimilação do expectador e outras ferramentas disponíveis no software que contribuirão com a identidade e concordância do projeto. 

Professores

Humberto Lemos

Fotógrafo há 35 anos, Humberto Lemos atuou comercialmente no mercado de fotografia publicitária do Rio de Janeiro, atendendo a grandes clientes como White Martins, Shell, Coca-Cola, Souza Cruz, Bradesco Seguros e junto às maiores gravadoras do Rio. Foi fotógrafo exclusivo do Free Jazz Festival para a Souza Cruz (Rio e São Paulo).

Em Brasília, fundou o Espaço f/508 de Fotografia, atualmente com 12 anos de existência. Hoje se destaca como fotógrafo fine art de linguagem minimalista e forte influência oriental. Ministra cursos voltados ao desenvolvimento de uma linguagem e identidade na fotografia de autor. Realizou a curadoria e concepção de exposições fotográficas e publicações virtuais e impressas, além de desenvolver projetos de inclusão social como o Retratando com Alma (2005), oficina fotográfica realizada com deficientes visuais, e Libertas CAJE (2008), oficina prática com os internos da instituição. Foi professor da Secretaria de Cultura do Distrito Federal de 2005 a 2007.

Daniel Marenco

Daniel Marenco já passou por quatro jornais, além de ter trabalhado com publicidade e assessoria de imprensa. Formado em Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, em São Leopoldo, região metropolitana de Porto Alegre (Rio Grande do Sul), em 2007, atua como fotógrafo desde 1999. Entre as principais coberturas das quais já participou, estão os Jogos Panamericanos de Guadalajara, em 2011, as manifestações populares de 2013, a Copa do Mundo no Brasil em 2014, o terremoto do Nepal, em 2015 e os Jogos Olímpicos do Rio 2016, além de quatro eleições presidenciais. Em 2015 foi finalista do Esso, principal condecoração do jornalismo brasileiro, com dois trabalhos: a foto Terremoto em Katmandu mostra uma cerimônia fúnebre no Nepal e foi publicada no jornal Folha de S. Paulo, já Marcado a ferro e fogo, retrato de um homem torturado por policiais cariocas. Esteve entre os indicados do mesmo prêmio em 2009, com a série No corredor do inferno. Foi contemplado na categoria ensaio no 7º Concurso Cultural Leica Fotografe Melhor (2009), no Grande Prêmio Folha de Jornalismo (2014) e no Prêmio Petrobras de Jornalismo (2015). Esteve também entre os indicados de O Melhor da Fotografia 2009/10 (fotógrafo revelação) e foi selecionado para a leitura de portfólio do PhotoEspaña em São Paulo, no mesmo ano. Em 2014, com o ensaio El Gaucho, foi finalista da bolsa Roberto Villagraz, em Madrid, e, com ensaio sobre as manifestações de junho de 2013, finalista do prêmio de arte da Fundação Conrado Wessel.

Mônica Nassar

Monica Nassar graduou em Arquitetura e Urbanismo no Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), em 2012. Durante seu ensino superior, deu início aos seus estudos de canto, dança e teatro na Escola de Teatro Musical de Brasilia (ETMB) no ano de 2009, onde participou como atriz em diversas montagens musicais e permaneceu até 2012. Durante um ano sabático, em 2013, finalizou o Curso Profissionalizante de Fotografia, no Espaço f/508 de Fotografia, em Brasília. Pós graduou em Análise Ambiental e Desenvolvimento sustentável em 2014, ainda pela instituição UniCEUB. Em seguida, mudou-se para a cidade de São Paulo, onde começou a atuar como pesquisadora em produtoras audiovisuais, entre elas a Academia de Filmes, GOS Catala Filmes, Your Mama, Sentimental Filmes e outras. Atuou também como Diretora de Arte, realizando campanhas para agências como F.biz, NBS, Ogilvy e África. Cursou Cenografia na Escola São Paulo em 2014, onde produziu em coletivo o projeto ViroRio, que foi exposto na Quadrienal de Cenografia de Praga, em 2015, mesmo ano em que participou da equipe de pesquisa da exposição do multiartista Tadeu Jungle na Sala do Humano do Museu do Amanhã. Usou suas habilidades multidisciplinares para compor equipes nas mesas independentes da Mesa e Cadeira, trabalhando com os ciborgues Neil Harbisson e Moon Ribas na construção do WeTooth, o primeiro aparelho de comunicação intra-dental do mundo, em 2016 e com o fundados do Kickstarter, Perry Chen, na publicação do livro “A bridge to a bad star” sobre o desastre de da base espacial de Alcântara, no Maranhão. No ano de 2017 completa a sua pós graduação em Cenografia e Figurino, na Universidade Belas Artes de São Paulo, onde produz o aplicativo Adelaide, para mapeamentos de roteiros e gestão de projetos criativos, em geral. Em 2018, retorna para Brasília, para participar efetivamente da sociedade no Espaço f/508 de Fotografia, onde realiza projetos expográficos, leciona e coordena a gestão financeira.

Série "Vestidas", um documental imaginário de Dalia Hoffman

Investimento

1º lote: 5x de R$ 832,80 (R$ 4.164,00 até o dia 15 de março de 2019)

2º lote: 5x de R$957,72 (R$ 4.788,60 até o dia 08 de abril de 2019)

MATRÍCULAS ATÉ O DIA 08 de abril DE 2019.

Formas de pagamento

.À vista: dinheiro, cheque, transferência bancária [5% de desconto]
.Cartão de débito [3% de desconto]
.Cartão de crédito [presencial – valor integral em até 2x]
.Pagseguro [on line – valor integral em até 12x, sujeito à juros da administradora]

Endereço
Espaço f/508 de Fotografia
SCLN 413 Bl D sala 113 – Asa Norte | Brasília/DF

Contatos
Tels.: 61. 3347 3985 | 61. 9140 0303
e-mail: cursos@f508.com.br

Horário de funcionamento
segunda a sexta,  das 14h às 21h.
sábado, das 10h às 13h.