Cursos Especiais

pinhole

Foto: Dirceu Maués

Em 2010, o Espaço f/508 passou a oferecer diversos cursos especiais. Ministrados por professores convidados, dois destes foram voltados à fotografia analógica: Fotografia Pinhole e Construção de Câmeras Artesanais e Processos Fotográficos Alternativos. Em vista da realização da 1ª Semana f/508 de Fotografia, que terá como temática a fotografia analógica, duas novas turmas de ambos os cursos estão com matrículas abertas.

Com aulas aos sábados, o curso de Fotografia Pinhole, iniciado em maio e concluído no último dia 3, possibilitou aos participantes experimentarem o processo fotográfico desde a etapa de construção das próprias câmeras. Mas antes de colocarem a mão na massa, e no decorrer do curso, o professor *Dirceu Maués deu aos alunos algumas orientações teóricas sobre a câmara obscura e a formação da imagem, a luz e seu comportamento, materiais fotossensíveis e técnicas de enquadramento sem visor.

Auxiliados pelo professor, os participantes do curso fabricaram suas próprias ferramentas de captação de imagens, desde pinholes de caixinha de fósforos até outras produzidas com Foan Board, lata de sonho de valsa e outros materiais. Com as câmeras prontas, os alunos tinham a semana para fotografar e levavam seus resultados nas aulas seguintes. Em sala, os negativos eram escaneados pelo professor ou pelos próprios alunos, que aprendiam a dar um tratamento básico para suas imagens.

rafael_dourado-0033

Foto: Rafael Dourado. Cianótipo

Também com forte caráter prático, o curso de Processos Fotográficos Alternativos possibilita aos alunos a vivência de processos fotográficos desenvolvidos no século XIX. Em uma aula expositiva, o professor *Luis Gustavo Prado fala sobre o surgimento e a aplicação histórica que tiveram a Cianotipia, o Papel Salgado, o Papel Albuminado e o Marrom Van Dyke. Após produzirem suas imagens em negativos 4×5, utilizando câmeras pinhole e de grande formato, os participantes passam a explorar, na prática, as características de cada processo. Alguns trabalhos produzidos no curso, assim como outros realizados por meio da técnica pinhole, serão expostos durante a Semana f/508 de Fotografia.

*Dirceu Maués. Fotógrafo desde 1991, atuou como instrutor de oficinas de fotografia na Fundação Curro Velho na década de 90, em Belém. Foi repórter fotográfico nos grandes jornais impressos de Belém durante 12 anos e, desde 2003, desenvolve trabalho autoral nas áreas da fotografia, cinema e vídeo, os quais têm como base pesquisas com a construção de câmeras artesanais e utilização de aparelhos precários. Em 2009, foi contemplado com uma bolsa de residência em arte na Künstlerhaus Bethanien/Berlim pelo programa Rumos Itaú Cultural. No mesmo ano também foi contemplado com a Bolsa Funarte de estimulo à criação artística e foi um dos 40 fotógrafos que participaram do projeto Encontros com a Fotografia – FNAC. Seus trabalhos fazem parte das coleções Pirelli-Masp, FNAC, Videobrasil, MAC-PR, MARP (Ribeirão Preto), MEP (Museu de Arte do Pará) e Coleção Joaquim Paiva.

*Luis Gustavo Prado é graduado em Fotografia pelo Centro Universitário Senac-SP, onde começou a estudar os processos fotográficos do século XIX com o professor Kenji Ota. Em seu Trabalho de Conclusão de Curso apresentou um ensaio fotográfico composto de imagens impressas sobre vidro, utilizando um processo pigmentado usado originalmente para a impressão de fotografias sobre porcelana. Atualmente, trabalha no Laboratório de Fotografia da Faculdade de Comunicação da UnB, tendo lecionado a disciplina Fotografia Experimental em 2009, junto com outros professores da FAC.

+ Programação completa da Semana f/508 de Fotografia